segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

O próprio jardim...

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Enfeite-se com margaridas e ternuras
e escove a alma com flores com leves fricções de esperança
De alma escovada e acelerado saia do quintal de si mesmo
e descubra o próprio jardim!






quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Merry Christmas ♥

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009




A MELHOR mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Tcha nana nanana ♪ ♫

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009




MORRI de rir. Rachei!
KKKKKKKKKKKKKKKKK

Opte pelo seu ♥

Sempre que houver alternativas, tenha cuidado! Não opte pelo conveniente, pelo confortável, pelo respeitável, pelo socialmente aceitável, pelo honroso. Opte pelo que faz o seu vibrar! Opte pelo que gostaria de fazer, apesar de todas as consequências!



|Osho




•••

De todas as cores, azul.
De todas as flores, gérbera. Reza toda noite antes de dormir. E nunca esquece de agradecer pelas bonitezas do dia.
Agradece também pelo que é feio, mas engrandece.
Acredita que o sofrimento enobrece, mas nem sempre, porque prefere o caminho mais fácil.
Põe o pé direito pra fora da cama primeiro.

Herdou algumas supertições, além do riso fácil e do olhar ágil. Está sempre apressada e atrasada. Fala mais com as mãos, que com a boca.
Pensa mais rápido que fala e quase não fala o que pensa. Aprendeu a ser comedida. Tropeçou muitas vezes no caminho. Já se apaixonou pra sempre. Já morreu de amor.
Não acredita mais em príncipe encantado,
mas torce pra que lhe provem o contrário todo-santo-dia.




| Briza Mulatinho

Memórias vivas!

"Minha alma é um bolso onde guardo minhas memórias vivas. Memórias vivas são aquelas que continuam presentes no corpo. Uma vez lembradas, o corpo ri, chora, comove-se, dança..."




| Adélia Prado

sábado, 19 de dezembro de 2009

Estado de encantamento!

sábado, 19 de dezembro de 2009
Debaixo de um céu azul, a menina brincava de olhar as nuvens. Enquanto isso, no rádio, tocava uma música que ela não ouvia há séculos. Desde que. E tudo pra ela pressagiava. O som do vento quando batia na janela. As nuvens que se formavam em desenhos geométricos. O girassol que nascera sem ser plantado. E ela sempre esperava pelo lado bom das coisas. Ela sempre esperava que. Porque aprendeu a disciplinar os pensamentos mais rebeldes e a torcer as nuvens negras que se formavam, vezenquando, até fazê-las chover uma chuva- fina -colorida. E pra isso ela deu nome. É estado de en-can-ta-men-to.





| Cris, a que tem belos sonhos. Com uma levíssima adaptação.

Estamos carregadas de amor...


Preocupa, não. Quando a gente perde uma das asas, a gente remenda e apara a outra. Às vezes se apóia na asa do anjo que mora ao lado. Outras tantas, se apega em rezas, versos bonitos, cantoria solta e sorriso largo. No começo parece dificil. Mas é só no começo. Depois a gente se acostuma e vai. Sem medo. E volta a ter gosto de sonho na boca. A hora que tu acordares, já estarás 50% refeita. Os outros 50 virão com o tempo. Mas só se ocê acreditar. E acredita com força. Porque se não acreditar, a gente morre de tristeza. E tira o pé do chão. Porque estamos carregadas de amor por todos eles. Ocê me entendeu? Eu sei que sim.




| Cris, a do Fuzuê!

Das belezuras!

A moça era acostumada a ver beleza nas coisas mais simples, desde pequena - herança do avô. E aqueles olhos garimpeiros, ela não queria mais perder. Com eles, a vida ganhava novo sentido. Ela seguia seu rumo costurando nuvens e esticando horizontes com um olho só. Sem falar no buquê de sorrisos que ela plantava em todo lugar!






| Da Cris, que sempre sonha!




Acompanho há teeeempos! Para quem não conhece, o blog dela. ♥

Eu comigo

•••


Muito brinquei eu comigo, tive raiva, me insultei. E, de incontido desgosto, em meu próprio ombro chorei.






|Helena Kolody

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Metamorfose de mim mesma

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

É que por enquanto a metarmofose de mim em mim mesma não faz sentido. É uma metamorfose em que eu perco tudo o que tinha, e o que sou. E agora o que sou? Sou: estar de pé diante de um susto. Sou: o que vi. Não entendo e tenho medo de entender, o material do mundo me assusta, com seus planetas e baratas.



| Clarice Lispector

Faz de conta...


... Sentou-se para descansar e em breve fazia de conta que ela era uma mulher azul porque o crepúsculo mais tarde talvez fosse azul, faz de conta que fiava com fios de ouro as sensações, faz de conta que a infância era hoje e prateada de brinquedos, faz de conta que uma veia não se abrira e faz de conta que que dela não estava em silêncio alvíssimo escorrendo sangue escarlate, e que ela não estivesse pálida de morte mas isso fazia de conta que estava mesmo de verdade, precisava no meio do faz de conta falar a verdade de pedra opaca para que contrastasse com o faz de conta verde-cintilante, faz de conta que amava e era amada, faz de conta que não precisava de morrer de saudade, faz de conta que estava deitada na palma transparente da mão de Deus... Faz de conta que vivia e que não estivesse morrendo pois viver afinal não passava de se aproximar cada vez mais da morte, faz de conta que ela não ficava de braços caídos de perplexidade quando os fios de ouro que fiava se embaraçavam e ela não sabia desfazer o fino fio frio, faz de conta que era sábia bastante para desfazer os nós de corda de marinheiro que lhe atavam os pulsos, faz de conta que tinha um cesto de pérolas só para olhar a cor da lua pois ela era lunar, faz de conta que ela fechasse os olhos e os seres amados surgissem quando abrisse os olhos úmidos de gratidão, faz de conta que tudo o que tinha não era faz de conta, faz de conta que se descontraía o peito e a luz douradíssima e leve a guiava por uma floresta de açudes mudos e de tranqüilas mortalidades, faz de conta que ela não era lunar, faz de conta que ela não estava chorando por dentro - pois agora mansamente, embora de olhos secos, o estava molhado; ela saíra agora da voracidade de viver.




|Clarice Lispector






quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Alicerce de nossa segurança interior...

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009


O ser humano vivência a si mesmo, seus pensamentos como algo separado do resto do universo - numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência. E essa ilusão é uma espécie de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e ao afeto por pessoas mais próximas. Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza. Ninguém conseguirá alcançar completamente esse objetivo, mas lutar pela sua realização já é por si só parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior.




| Einstein

Ainda há tempo...

Ainda dá tempo de mudar de rumo, partir de repente, mochila nas costas, rumo aos montes desconhecidos nos quais... só o vento sabe o que se esconde. Será, será que ela vai mudar de rumo? Haverá tempo, ela diz, sabendo de algum jeito que no seu início está seu fim e que as sementes da destruição talvez dormentes agora podem ainda hoje começar a germinar malignas dentro de si. Ela foge da ação numa direção para a ação na outra, sabendo o tempo inteiro que um dia deverá enfrentar, atrás da porta de sua escolha, talvez a mulher, talvez o tigre...







| Sylvia Plath

Nossa PRÓPRIA força!


Quando, na estrada da vida, tropeçamos e caímos, temos duas escolhas:

1ª: Criar coragem para nos erguer, chacoalhar a poeira da roupa e seguir adiante;
2ª: Aguardar que alguém, passando, nos dê a mão e nos ajude a levantar.

Esperar nos outros, é mais cômodo e muito confortável, mas podemos nos decepcionar profundamente...

O melhor é depender de nós mesmos, e ainda que difícil, contar com nossa própria força



segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Vida é memória!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009


Vida é memória. Dei pra pensar que tudo que há de mais vivo em mim foi aquilo que já se foi. As pessoas mais importantes foram as que ficaram.


domingo, 6 de dezembro de 2009

Pensando e sentindo...

domingo, 6 de dezembro de 2009
• • •

Eu mesma não entendo minha enormíssima paciência de ficar à toa, só pensando,
pensando e sentindo.




| Adélia Prado

São apenas elas...


...E pela primeira vez no Universo eu reparo que as borboletas não têm cor nem movimento. Assim como as flores não têm perfume nem cor. A cor é que tem cor nas asas da borboleta, no movimento da borboleta o movimento é que se move, o perfume é que tem perfume no perfume da flor.

A borboleta é apenas borboleta.
E a flor é apenas flor.





quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Eu sou assim

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009
Eu sou assim. A pessoa que some, que surta, que vai embora, que aparece do nada, que fica porque quer, que odeia a falta de oxigênio das obrigações, que encurta uma conversa besta, que estende um bom drama, que diz o que ninguém espera e salva uma noite, que estraga uma semana só pelo prazer de ser má.
Que acha todo mundo meio feio, meio bobo, meio burro, meio perdido, meio sem alma, meio de plástico. E espera impaciente ser salva por uma metade meio interessante que me tire finalmente essa sensação de perna manca quando ando sozinha por aí, maldizendo a tudo e a todos.
Eu só queria ser legal, ser boa, ser leve! Mas dá realmente para ser assim?






| T. Bernardi

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

A porta da consciência

terça-feira, 1 de dezembro de 2009
Milhões de pessoas estão vivendo de acordo com o espelho. Acham que o que vêem no espelho é o seu rosto. Acham que é o seu nome, a sua identidade, e que isso é tudo.

Você terá de ir um pouco mais fundo. Terá de fechar os olhos. Terá de se observar interiormente
. Terá de ficar silencioso. Se não chegar a um ponto de profundo silêncio interior, nunca saberá quem é.

Eu não posso lhe dizer quem você é. Não há como. Todo mundo tem de descobrir por si mesmo. Mas você existe — isso é certo. A única questão, para atingir o âmago do seu ser, é encontrar a si mesmo. E é isso que venho ensinando durante todos esses anos.

O que chamo de meditação nada mais é do que um artifício para que você descubra a si mesmo.

Não me pergunte. Não pergunte a ninguém. Tem de achar a resposta dentro de si mesmo e mergulhar muito fundo para descobri-la. E está tão perto — basta dar uma volta de 180 graus para encontrar essa resposta.

Vai ficar surpreso ao descobrir que você não é o seu nome, nem o seu rosto, nem o seu corpo, nem mesmo a sua mente.

Você é parte de toda a existência, de toda a sua beleza, grandeza, felicidade, seu imenso êxtase. Conhecer a si mesmo é o significado da consciência.




| Osho, em "Corpo e Mente em Equilíbrio"

sábado, 28 de novembro de 2009

Os corações têm fome de afeto...

sábado, 28 de novembro de 2009
' Ela começa a tecer uma nova história. Dessas de amor, que são as preferidas. Os fios invisíveis, cruzam os quilômetros de distância. Tocam a pele, afagam, alentam. E do outro lado, a criança se deixa envolver. Porque é quente e macio. E o mundo, o mundo é tão hostil. Percebendo a entrega, ela se deleita. Trabalha dia e noite. Atravessa as horas, os dias, os meses. Incansável. Sonha acordada e faz planos mirabolantes. Inventa novas cores pra enfeitar o desenho, que é sempre dos mais bonitos. Espalha palavras doces pelo caminho e espera que as letras sejam devoradas. E são. Sempre são. Os corações têm fome de afeto. '





| Briza Mulatinho

Que todo mundo tenha...

' ... um amor quentinho. Descanso pro complicado do mundo. Surpresa pra rotina dos dias. A quem esperar. De quem sentir saudades. Um nome entre todos. O verso mais bonito. A música que não se esquece. O par pra toda dança. Por quem acordar. Com quem sonhar antes de dormir. Uma mão pra segurar, um ombro pra deitar, um abraço pra morar. Um tema pra toda história. Uma certeza pra toda dúvida. Janela acesa em noite escura. Cais onde aportar. Bonança, depois da tempestade. Uma vida costurar na sua, com o fio compriiiiido do tempo. '



| Briza Mulatinho

• • •

E pra te falar ainda mais a verdade, eu acho mesmo que você foi o príncipe que eu esperei a vida inteira! ;


| T. Bernardi


quarta-feira, 25 de novembro de 2009

We can walk together ♥

quarta-feira, 25 de novembro de 2009
E quando já não sei mais o que sentir por você, eu respiro fundo perto da sua nuca e começo a querer coisas que eu nem sabia que existiam...




| T.Bernardi


segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Blues da Piedade ♪

segunda-feira, 23 de novembro de 2009


Agora eu vou cantar pros miseráveis
Que vagam pelo mundo derrotados
Pra essas sementes mal plantadas
Que já nascem com cara de abortadas

Pras pessoas de alma bem pequena
Remoendo pequenos problemas
Querendo sempre aquilo que não têm

Pra quem vê a luz
Mas não ilumina suas minicertezas
Vive contando dinheiro
E não muda quando é lua cheia

Pra quem não sabe amar
Fica esperando
Alguém que caiba no seu sonho
Como varizes que vão aumentando
Como insetos em volta da lâmpada

Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem

Quero cantar só para as pessoas fracas
Que tão no mundo e perderam a viagem
Quero cantar o blues
Com o pastor e o bumbo na praça

Vamos pedir piedade
Pois há um incêndio sob a chuva rala
Somos iguais em desgraça
Vamos cantar o blues da piedade

Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem

sábado, 21 de novembro de 2009

Lute pelo seus sonhos!

sábado, 21 de novembro de 2009

Apesar dos nossos defeitos, precisamos enxergar que somos pérolas únicas no teatro da vida e entender que não existem pessoas de sucesso e pessoas fracassadas.

O que existe são pessoas que lutam pelos seus sonhos
ou desistem deles.




|Augusto Cury

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

O tempo passa, my friend.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009
Quanto mais o tempo passa, mais percebo que a nossa vida é muito mais cheia de coisas passageiras do que duradouras: fases, amores, atitudes, objetos, pensamentos, momentos. Tudo passa! Horas passam, dias passam, paixões passam, vontades passam.
Mas como toda regra tem exceção, algo tinha que subsistir. E esse algo somos nós, claro!
Não importa o quanto você perdeu, o que você perdeu ou quem você perdeu.
Quem permanece aqui é
você: insubstituível, vivo, sem permissão para ficar cansado.
O que passou, realmente passou. As perdas não voltam e pra que perder mais uma coisa - que é o tempo - se lamentando por algo sem sentido
?É desperdício de vida e desvalorização própria.

Logo, não tem sentido dar mais valor ao passado do que ao presente.



|Andressa Schrank

Viver a vida!


A mensagem hoje é simples...





quinta-feira, 19 de novembro de 2009

I'm yours-Jason Mraz ♪

quinta-feira, 19 de novembro de 2009


Well you done done me and you bet I felt it
I tried to be chill but you're so hot that I melted
I fell right through the cracks, now I'm trying to get back

Before the cool done run out, I'll be giving it my bestest
And nothing's going to stop me but divine intervention
I reckon it's again my turn to win some or learn some

But I won't hesitate no more, no more
It cannot wait, I'm yours

Well open up your mind and see like me
Open up your plans and damn you're free
Look into your heart and you'll find love love love

Listen to the music of the moment maybe sing with me
I like peaceful melody
It's your God-forsaken right to be loved love loved love
loved

So I won't hesitate no more, no more
It cannot wait, I'm sure
There's no need to complicate, our time is short
This is our fate, I'm yours

I've been spending way too long checking my tongue in the mirror
And bending over backwards just to try to see it clearer
My breath fogged up the glass
And so I drew a new face and I laughed

I guess what I be saying is there ain't no better reason
To rid yourself of vanity and just go with the seasons
It's what we aim to do, our name is our virtue

I won't hesitate no more, no more
It cannot wait, I'm sure
There's no need to complicate, our time is short
It cannot wait, I'm yours
I won't hesitate no more, no more
It cannot wait, I'm sure
There's no need to complicate, our time is short
This is our fate, I'm yours

Well open up your mind and see like me
Open up your plans and damn you're free
Look into your heart and you'll find that the sky is yours

Please don't, please don't, please don't
There's no need to complicate
Cause our time is short
This oh this this is out fate, I'm yours!

Vida é para ser vivida!

Não o importa o sentimento. O que importa é sentir! Traduzir o em palavras e não deixá-las na boca, pedindo para sair. Mesmo loucas, estas palavras estão vivas. Mostram o que sou. O que vivi. Um streap-tease da alma, com todas as particularidades que isso possa vir a mostrar...

Afinal, vida é para ser vivida. E depois traduzida.
Para eternizar com palavras a fugacidade do



| Fernanda Mello

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Algo que eleve!

segunda-feira, 16 de novembro de 2009
Com uma vida tão curta, com uma fonte de energia tão pequena, é simplesmente estupidez desperdiçá-la com tristeza, com raiva, com ódio, com ciúme.

Aproveite a vida com amor, aproveite-a fazendo algo criativo, com amizade, com meditação
. Faça com sua energia algo que o eleve.

E quanto mais alto for, mais fontes de energias estarão disponíveis para você. No ponto mais elevado da consciência, você é quase um Deus
.





|Osho

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

love.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009



Quando fecho os olhos, é você quem eu vejo.

(...)


Ilumina o corredor por onde passo todos os dias.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Mais +...

quinta-feira, 12 de novembro de 2009
Eu já pensei seriamente nisso, mas nunca me levei realmente a sério.
É que tem mais chão nos meus olhos
do que cansaço nas minhas pernas,
mais esperança nos meus passos
do que tristeza nos meus ombros,
mais estrada no meu do que medo na minha cabeça...


|Cora Coralina



Quanto a mim, tenho que lhes dizer que as estrelas
são os
olhos de Deus vigiando para que tudo corra bem.
Para sempre. E, como se sabe,
'sempre' não acaba nunca!

|ela, Clarice

domingo, 8 de novembro de 2009

Estender as mãos

domingo, 8 de novembro de 2009

' é como se eu visse o céu, planetas, cometas,
constelações (...) basta estender a mão'

|Caio F. Abreu

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Fica a dica

quinta-feira, 5 de novembro de 2009
Faça mágica com o que fizeram com você...



E dê um voo por cima!

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

1 ano ♥

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Namoro é quando não se tem certeza absoluta de nada, a cada dia um segredo é revelado, brotam informações novas de onde menos se espera. De manhã, um silêncio inquietante. À tarde, um mal-entendido. À noite, um torpedo reconciliador e uma declaração de amor.
Namoro é teste, é amostra, é ensaio, e por isso a dedicação é intensa, a sedução é ininterrupta, os minutos são contados, os meses são comemorados, a vontade de surpreender não cessa — e é a única relação que dá o devido espaço para a saudade, que é fermento e afrodisíaco. Depois de passar os dias se vendo só de vez em quando, viajar para um fim de semana juntos vira o céu na Terra: nunca uma sexta-feira nasce tão aguardada, nunca uma segunda-feira é enfrentada com tanta leveza.
Namoro é como o disco “Sgt. Peppers”, dos Beatles: parece antigo e, no entanto, não há nada mais novo e revolucionário !






quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Essencial! ♥

quinta-feira, 29 de outubro de 2009



"
Só se vê bem com o coração.
O
essencial é invisível aos olhos "







| Antonie Saint-Exupéry

Verdadeira embolada ♪


"O que os olhos não vêem o coração não sente" – muitos dizem. E eles realmente sentem-se inteligentes, sábios, grandes. Talvez haja uma quantidade mínima (quase inexistente) de inteligência, mas é, na realidade, hipocrisia. Não por preferirem viver na inocência de não sofrer, de pedir que lhe ocultem a verdade para poupar-lhes de uma dor maior, mas por não alimentarem caráter, atitude suficiente para encarar a verdade e suas conseqüências. Que tolo é quem prefere viver de mentiras, falsas verdades ou de simplesmente nada. Pior que saber errado é saber nada. O que pode haver no meio de todo esse nada? Nada é vazio. O quê é que há, então? Hei de julgar apenas a verdade e a mentira, mas usufruir da inocência e da hipocrisia e de antíteses clichês para mostrá-las é inevitável. Que fluam, então. Não me importo, afinal, nada pode ser tão mentiroso quanto tal fuga. Ninguém pode fugir. Nem eu. Nem você. Dizem que não se pode fugir da verdade. E a mentira? Ah, não diga que não. Tentações existem, é claro. Mas não é porque a mentira existe que devemos usá-la. A verdade sim. Oh, usar, ensinar, reutilizar, reciclar, repassar. Não deve ser tão difícil difundir a verdade. Acontece que a verdade costuma ser dura: e é por isso que todos a temem, porque se acostumaram com a mentira e não desenvolveram forças, coragem e valentia para vencê-la.


Na verdade cresce a ira

A mentira é só desdém
A verdade faz a mira

A mentira diz amém


A mentira, me acredite/ Com a verdade vai casar.




|Verdadeira Embolada - Chico Buarque ♪

terça-feira, 27 de outubro de 2009

terça-feira, 27 de outubro de 2009





Por você! ♥





... Mas a outra que há em mim, aquela que tem todos os seus neurônios em forma de pequenos , aquela, que frente a mera menção do seu nome, fica sem ar, aquela que sai do rumo só pra seguir pipas pelo ar porque elas lembram você, essa, que não considera hipótese negativa alguma, essa que acredita no seu amor, e retribui, loucamente, ainda que em outra esfera, essa, meu querido, te vê de forma carinhosa, te espera sempre, e ignora todas as obviedades. Essa que sou eu também, é sonho, mas eu a prefiro. No mundo dessa outra de mim, você é verdadeiramente meu, e nossa história não tem fim. Essa, que eu gostaria de ser, ainda que tão mais louca e insana, dos atos que eu não suportaria carregar as consequências, te diria sem medo:

abro os meus olhos todos os dias, só por você

sábado, 24 de outubro de 2009

Descobri...

sábado, 24 de outubro de 2009
Descobri faz algum tempo que as mãos se opõem à cabeça, e quando você movimenta aquelas, esta pode parar. Não sei se é uma grande descoberta, talvez não, mas de qualquer forma gosto quando a cabeça para o maior tempo possível, caso contrário enche-se de temores, suspeitas, desejos, memórias e todas essas inutilidades que as cabeças guardam para deixar vir à tona quando as mãos estão desocupadas. Ocupo-as então, fazendo coisas que depois disponho pelos cantos.



|Caio F. Abreu

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Minha mensagem é amor...

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Minha mensagem é amor. De certa forma, ela é muito simples, não tem a menor complexidade - nada de rituais, nada de dogmas, nada de filosofia hipotética.

É aproximação muito simples e direta em direção à vida.

A pequena palavra "amor" pode conter a vida. Não importa quem você ama - é irrelevante saber a quem seu amor se dirige. O importante é que você deveria amar 24 horas por dia, assim como respira.

Da mesma forma como a respiração, o amor não precisa de objeto. Às vezes você respira perto de um amigo, às vezes ao lado de uma árvore e outras vezes enquanto nada numa piscina.

Do mesmo modo, você deveria amar. O amor deveria ser seu centro interior de respiração, deveria ser tão natural quanto respirar.

Na verdade, o amor tem com a alma
a mesma relação que a respiração tem com o corpo.



|Osho,
em "Meditações Para o Dia"

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Está em mim...

segunda-feira, 19 de outubro de 2009


Ele está em mim
Na melodia que ouço
Na ventania que ouso
Num esmiuçar de sonhos
Quando vôo e quando pouso.
Ele está em mim
Com violência e delicadeza.


| Marla

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

O meu sol ♥

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Ele que é um punhado de estrelas maduras, ele que é a doçura do verbo viver...





És meu oposto, mas se por amor confundes e libertas o caos de tudo e de todos, por amor eu tento tocar mais fundo, procurando um vôo que não conseguiria jamais num amor menor.




| Caio Fernando Abreu

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Eu + Você ♥

quarta-feira, 14 de outubro de 2009
Quero tudo. Quero muito. Quero entendimento mútuo, compreensão sem pedir, naturalidade. Quero me enxergar e te enxergar nesse teu olho. Quero te aprender, te viver, mas - acima de tudo - não deixar de ME viver. Quero ser eu.




|Andressa Schrank





E eu te amo tanto... ao teu lado não sou metade, sou toda, sou tua.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Renovação

terça-feira, 13 de outubro de 2009
Embora eu também acredite que quando um homem e uma mulher se encontram num amor verdadeiro, a união é sempre renovada, pouco importam as brigas e os desentendimentos: duas pessoas nunca são permanentemente iguais e isso pode criar no mesmo par novos amores.





| Clarice Lispector




Quase 1 ano

domingo, 11 de outubro de 2009

Nosense

domingo, 11 de outubro de 2009
Apruma tuas asas. Depois canta. Inventa os teus dias. Bota nele o que ocê mais gosta. Bota um tiquinho de cada cor. Energia muita. E uma casinha branca com vista pro mar. Uma flor no canteiro e uma rede na varanda. Pra mó di espiar a noite lá fora. Principalmente aquelas que a sodade é tanta que a gente chega a suspirar. Deixa que o vento bagunce teus cabelos e desgoverne teus passos. É preciso que as coisas percam o sentido now and then. Deixa elas te tocarem. Fundo. Depois voa. As vontades têm a força de mil asas.



|Cris, a que compõe muitos sonhos.

Sou

Eu sou aquela que tenho frequentemente vontade de chorar, e o que em geral se reduz à vontade apenas, como se a crise se completasse no desejo. Uns dias, cheia de tédio, enervada e triste. Outros, lânguida como uma gata, embriangando-me com os menores acontecimentos. Uma folha caindo, um grito de criança, e penso: mais um momento e não suportarei tanta felicidade. E realmente não a suporto, embora não saiba propriamente em que consista essa felicidade. Caio num choro abafado, aliviando-me, com a impressão confusa de que me entrego, a não sei quem e não sei de que forma.


| Clarice Lispector

sábado, 10 de outubro de 2009

Pedir a Deus

sábado, 10 de outubro de 2009
Eu peço a Deus tudo o que eu quero e preciso. É o que me cabe. Ser ou não ser atendida - isso não cabe a mim, isso já é matéria-mágica que se me dá ou se retrai. Obstinada, eu rezo. Eu não tenho o poder. Tenho a prece.




| ela, Clarice

Bebum





É bem isso que acontece !
KKKKKKKKKKKKKKK

;*

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Renda-se!

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.



| ela, Clarice.



Clichê, todo mundo usa. Mas mesmo assim faz todo o sentido para mim.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

. you and I ! ♥

terça-feira, 6 de outubro de 2009
...

I'm so happy ♪ ♫


Nos olhos, um pincel stone traçou enormes asas de purple butterfly. Como se seu rosto fosse um jardim. Empurra um carrinho de bebê vazio e canta. Qualquer coisa assim:



I’m so happy
I’m so happy
‘cause today is The Day
‘cause today is a Sunny Day !




|Caio Fernando Abreu

Quero mais!

Dizem que a gente tem o que precisa. Não o que a gente quer. Tudo bem. Eu não preciso de muito. Eu não quero muito. Eu quero mais. Mais paz. Mais saúde.Mais dinheiro. Mais poesia. Mais verdade. Mais harmonia. Mais noites bem dormidas. Mais noites em claro. Mais eu. Mais você. Mais sorrisos, beijos e aquela rima grudada na boca. Eu quero nós. Mais nós. Grudados. Enrolados. Amarrados. Jogados no tapete da sala. Nós que não atam nem desatam. Eu quero pouco e quero mais. Quero você. Quero eu. Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: nada é muito quando é demais.





| Caio Fernando Abreu

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Infinito bem!

segunda-feira, 5 de outubro de 2009
A sua irritação não solucionará problema algum...
As suas contrariedades não alteram a natureza das coisas
...
Os seus desapontamentos não fazem o trabalho que só o tempo conseguirá realizar.
O seu mau humor não modifica a vida...
A sua dor não impedirá que o sol brilhe amanhã sobre os bons e os maus
...
A sua tristeza não iluminará os caminhos
...
O seu desânimo não edificará ninguém
...
As suas lágrimas não substituem o suor que você deve verter em benefício da sua própria felicidade
...
As suas reclamações, ainda mesmo afetivas, jamais acrescentarão nos outros um só grama de simpatia por você
...
Não estrague o seu dia.
Aprenda a sabedoria divina,
A desculpar infinitamente, construindo e reconstruindo sempre
...
Para o infinito bem!


|Chico Xavier

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Amor!

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

'Alegre ou triste,
amor é a coisa que mais quero '

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Maioridade ♪

quarta-feira, 30 de setembro de 2009




Eu já vivi de tudo um pouco
Mas tô esperando um truque novo
Que me largue caindo
Do alto de um abismo

O tempo vai dizer
Se o que espero me interessa
Se eu levo a vida
Ou se é ela que me leva.






|
Cazuza




segunda-feira, 28 de setembro de 2009

É pra mim...

segunda-feira, 28 de setembro de 2009
Eu escrevo porque eu gosto, porque às vezes me dá vontade e se eu não esticar meus dedos, não consigo dormir. Não é pra ninguém, é pra mim. É só pra colocar em palavras o que acontece, pra tornar tudo real. Quem sabe rabiscando de grafite algumas folhas de papel, eu me assegure que tudo foi mais que um sonho bom interrompido na melhor parte.







domingo, 27 de setembro de 2009

Único

domingo, 27 de setembro de 2009
Cada relacionamento entre duas pessoas é absolutamente único. Por isso você não pode amar duas pessoas da mesma maneira. Simplesmente não é possível. Você ama cada pessoa de modo diferente por ela ser quem ela é e pela especificidade do que ela recebe de você. E quanto mais vocês se conhecem, mais ricas são as cores desse relacionamento.




| A Cabana - de William P. Young


Imperfeitos...

"O mundo nada perdoa, nem deixa de perceber as menores imperfeições"

Alguém aqui não comete erros? Alguém aqui é perfeito?
Se disserem que sim, mentirosos. M-E-N-T-I-R-O-S-O-S.

A imperfeição faz parte de nós: HUMANOS, reais.
Não queira ser perfeito. Queira ser você
- desde que isso cause o menor número de danos possível a outras pessoas.

Você é e sempre será observado, os erros serão julgados. E os erros aparecem. Mas o tempo nos ajuda a aprender o que causa dor e o que não causa, e com esse aprendizado você muda. A gente muda todos os dias.



"As minhas imperfeições desfilam e piscam como estrelas num céu claro e profundo"






| Andressa Schrank

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Sei lá...

sexta-feira, 25 de setembro de 2009
...Sei lá, tem sempre um pôr-do-sol esperando para ser visto, uma árvore, um pássaro, um rio, uma nuvem. Pelo menos sorria, procure sentir amor. imagine. invente. sonhe. voe. Se a realidade te alimenta com merda, meu irmão, a mente pode te alimentar com flores. Eu não estou fazendo nada de errado. Só estou tentando deixar as coisas um pouco mais bonitas.




|Caio Abreu

Extrema

Hoje acordei inteira. Migalhas? Pedaços? Não, obrigada!
Não gosto de nada que seja metade. Não gosto de meio termo.
Gosto do frio. Gosto do quente. Não gosto do morno. Não gosto de temperatura-ambiente. Na verdade eu quero tudo! Ou quero nada. Por favor, nada de pouco quando o mundo é meu. Não sei sentir em doses homeopáticas. Sempre fui daquelas que falam "
Eu te amo" primeiro. Sempre fui daquelas que vão embora sem olhar pra trás. Sempre dei a cara à tapa. Sempre preferi o certo ao duvidoso. Quero que se alguém estiver comigo, que esteja. Mesmo que seja só naquele momento. Mesmo que mude de idéia no dia seguinte...

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Obrigado :]

quinta-feira, 24 de setembro de 2009


Ganhei esse selinho da Dani, muito legal. Valeu \o
Com certeza blog também é cultura! KKKKKKKKK ( Alguns né, alguuuuuns! )


Indico:
http://unsdesvaneios.blogspot.com/
Esse é pura cultura.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Eu não sou medíocre

terça-feira, 22 de setembro de 2009
Deus não me deu esse estômago enjoado, essa alegria encantada de vida e esse disparado à toa. Só sei que estou preparada para quebrar a minha cara, porque eu posso ser louca, boba e infantil, mas eu não sou medíocre!




=*

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

...Irmão.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009


Um irmão pode ser a continuação de nós mesmos, como a nossa mão é a extensão de nosso braço.




Para quem nunca viu, meu irmão Isaac Guerra.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

...essa minha vida

quinta-feira, 17 de setembro de 2009
E toda essa minha vida é silêncio...
Se as pessoas soubessem o quanto conseguem simplesmente por não anunciarem tudo o que fazem, seriam adeptas do segredo.

Eu não faço questão nenhuma de contar tudo o que eu já vivi, todos os momentos bons que eu já desejei e consegui. Já teve um tempo em que eu adorava contar minhas vitórias, mas ultimamente não tô nem aí.
Não me satisfaz mais que saibam o quanto já fui feliz.
A infelicidade alheia já não me causa tanto prazer.


Não contando, não há quem nos lembre. E há detalhes que certamente tenho esquecido (será que vou continuar esquecendo pouco a pouco, até que tudo se reduza a quase um relâmpago?).




Se você ama algo, por favor... não deixe que os outros tomem conhecimento disso.
É burrice. É quase renunciar ao que se ama.



|Andressa

Um Brinde!

Um brinde
a tudo que eu não quero mais viver
e a tudo que eu quero viver
e AINDA não vivi.

sábado, 12 de setembro de 2009

...e temos que acreditar!

sábado, 12 de setembro de 2009
Me acostumei tanto a reclamar dos meus defeitos, do meu vazio, do que me falta, que me esqueci por um tempo do quanto eu sou forte. Eu canso de tentar convencer a mim mesma de que não valho nada, mas nunca lembro de que eu vivo lutando.
Cada suspiro, cada esforço, cada vontade, cada gesto inconsciente - eu vivo tentando sentir melhor, agir melhor, viver melhor, SER melhor.

Eu sei que eu posso ser várias, ser o que eu bem quiser - de acordo com a minha necessidade.
Nós temos a capacidade absurda de nos transformarmos no que nos faz conseguir resistir, suportar melhor. A gente nunca afunda ou desiste, nós somos incríveis demais pra isso.

A tarefa de conduzirmos nossa própria vida exige muito,precisamos ser super-homens ou super-mulheres 24 horas por dia.
Precisamos ser inacreditavelmente fortes pra sustentarmos esses corações que, não importando o que a vida apronte, nunca param de bater.



| Andressa

Amar...


Amar não é olhar um para o outro, é olhar juntos na mesma direção.








sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Não entender

sexta-feira, 11 de setembro de 2009
Sinto que sou muito mais completa quando não entendo. Não entender, do modo como falo, é um dom. Não entender, mas não como um simples de espírito. O bom é ser inteligente e não entender. É uma benção estranha, como ter loucura sem ser doida. É um desinteresse manso, é uma doçura de burrice. Só que de vez em quando vem a inquietação: quero entender um pouco. Não demais: mas pelo menos entender que não entendo.

| Clarice, eterna.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

quarta-feira, 9 de setembro de 2009



Mexo, remexo na inquisição
Só quem já morreu na fogueira
sabe o que é ser carvão.
Eu sou pau pra toda obra,
Deus dá asa à minha cobra.
Minha força não é bruta.
não sou freira, nem sou puta







sábado, 5 de setembro de 2009

Luz na minha vida

sábado, 5 de setembro de 2009







Muita luz e alegria à todos.

Ah, eu mordo...

Ah, eu mordo, mordo a vida como uma maçã suculenta. Brinco com ela feito um peixe e sou feliz. E o que é ser feliz? É seguir sempre em frente. Há algo melhor a ser feito do que aquilo que já fiz, e impulsionada pela ilusão favorável do progresso, buscarei progredir, fincarei as esporas em meu flanco, mais e mais - até aprender. Sempre. '
| Sylvia Plath

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

•••

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Porque hoje eu quero chorar como um poeta do passado, e fumar o meu cigarro na falta de Absinto...

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Fragmentos d'A Cabana

segunda-feira, 31 de agosto de 2009
Sarayu enfiou a mão dentro da roupa e pegou seu frasco pequeno e frágil. Derramou algumas gotas da preciosa coleção na mão e começou a espalhar as lágrimas de Mack no solo rico e preto... As gotas caíram como diamantes e rubis, e onde pousavam brotavam flores instantaneamente, abrindo-se ao sol luminoso. Então Sarayu parou, olhando com intensidade uma pérola que respousava em sua mão, uma lágrima especial, e depois deixou-a cair no centro do terreno.

Imediatamente uma pequena árvore rompeu a terra e começou a se desdobrar, jovem, luxuriante e espantosa, crescendo e amadurecendo até se abrir em brotos e flores.


| A Cabana, Young.