segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Sono eterno

segunda-feira, 17 de agosto de 2009
A vida não passa de uma oportunidade de encontro; só depois da morte se dá a junção; os corpos apenas têm o abraço, as almas têm o enlace.



A morte é um sono... vivem eternamente aqueles que ganham o reino do céu.



Não fico triste, pois sei que estarás com Deus.

10 sonhos fofocados:

Tempus Fugit disse...

Clarissa,obrigado pela visita.
Seu blog é de muito bom gosto,viu!

Bjos.

Fernando.

Fran disse...

Aii querida, senti a tristeza de suas palavras.
A morte é uma coisa muito injusta com quem fica...

Beeijão!

Fe disse...

Quem morre, nunca morre realmente pois sempre deixa um pedacinho vivo dentro de nós.

bjooo. ;D

Barbara Bastos disse...

Oi...descobri o seu blog através de um outro que sigo. Muito legal o seu espaço, lindo layout. Parabéns pela delicadeza com que escreves. Nesse post, apesar do sentimento de perda, as palavras são perfeitas.
Passarei aqui mais vezes.
Tb tenho um blog e desde já te convido a conhecer.
bjs

R.Vinicius disse...

Oi.

Clarissa vim te convidar antes de tudo, para que leia o último post do Folhas, onde a personagem que leva o nome de Clarisse (dá o ar da sua graça). Sobre o seu post acrescento que Pessoa dizia "morrer é só não ser visto." Abraço e até breve.

Vanessa disse...

Como já disseram, apesar do sentimento de perda, as palavras são perfeitas..Apesar de tudo sempre é uma das piores, senão a pior, coisa perder quem se ama. Mas nos conforta saber que um dia nos reencontraremos. Também me fez bem ler este post '-'
Bjs

Memória de Elefante disse...

tudo tem seu tempo e as recordações que viram saudade é o que nos faz continur...um abraço!

Priscila Rôde disse...

"A morte não interrompe o que é eterno." ;)

Papagaio Mudo disse...

que bonitinho esse blog.
passeando pela blogsfera cheguei até aqui.

abraço,

Gustavo

Gêsa disse...

E no fim tudo deve ser bem mais bonito.

Postar um comentário