quinta-feira, 11 de junho de 2009

Sinceridade de um sentimento

quinta-feira, 11 de junho de 2009
" Bonita e breve,
como as borboletas... "
(Cazuza)




Me disseram outro dia, que o amor é como uma borboleta: você corre atrás dela e, de repente, ela delicadamente pousa em seu ombro. Hoje descobri que estar ao seu lado é como estar num jardim, onde mais do que flores, é a presença de uma borboleta que o torna especial. E por mais que eu ame a borboleta, sei que ela não estará sempre pousada em meu ombro, pois as flores também precisam dela para que o jardim continue existindo. Também aprendi que amores verdadeiros são frutos do tempo, pois somente o tempo confirma a sinceridade de um sentimento. Por isso, devo-lhe que dizer que decido continuar admirando a borboleta, tendo ela comigo em alguns momentos; e permitindo que o jardim continue a existir, de modo que a minha felicidade possa ser plena! :)


| M. Ferreira

1 sonhos fofocados:

R.Vinicius disse...

Que bonito. É dificil lidar com sentimentos, principalmente o amor. Talvez nem saibamos, nem haja forma de lidar com o sentimento. "E o amor, o sublime amor, reside no peito, e nos versos de um poema. Nas assas de uma borboleta."

Abraço,

R.Vinicius

Postar um comentário